Arquivo da categoria: Morro Grande

Nota de falecimento – Emília de Lucas

Foi com bastante pesar que recebi, hoje pela manhã, a triste notícia do falecimento da senhora Emília de Lucas Munhoz.

Conhecida como a parteira de Bonsucesso, Dona Emília, trouxe ao mundo muitas crianças. Na década de 60 ela morava na estrada do Morro Grande e em sua homenagem a estrada lateral ganhou o nome de estrada da Parteira.

Emília de Lucas Munhoz, uma pessoa iluminada e que faz parte da história de muitas vidas, tenho certeza que Deus te recebe de braços abertos.

Espantalho moderno?

Pegamos uma estradinha saindo da Estrada Guarulhos- Nazaré. Seguimos até o final dela e chegamos a uma bifurcação. Segundo a informação que recebemos aquela era a Estrada das Pitangueiras, e nós tínhamos duas opções, porém, ambas sem saída. À esquerda o município de Mairiporã, à direita, continuando estrada das Pitangueiras, o município de Guarulhos. Optamos conhecer o lado guarulhense da estrada.Seguimos descontraídos, conversando, olhando a paisagem, tentando descobrir a localização. Quando de repente, uma imagem que quase me matou  do coração. Demorei algum tempo para enxergar o que era realmente aquela visão. Bizarro.

Talvez uma instalação artística. Talvez um espantalho moderno. Talvez uma traquinagem.  Meu pobre coração quase saiu pela boca.

=/

Dona Emília de Lucas, a parteira de Nova Bonsucesso

Preciso começar esse post agradecendo as mensagens que tenho recebido demonstrando carinho, confiança e admiração pelo trabalho que desenvolvo nesse blog. Obrigada, do fundo do coração!!
Recebi uma mensagem muito especial de Fátima Stigliani. Ela conta a origem do nome da Estrada da Parteira. Eu achei tão, tão, tão legal que pedi pra ela me deixar publicar.
Ela deixou, olha só:

“Olá Thays,
Seu blog é lindo e me traz doces lembranças. Você falou que não sabe a origem do nome da Estrada da Parteira. A parteira era  a minha avó, Emília de Lucas Munhoz que atuou como parteira nos idos dos anos 60/70. Eu era pequena, tinha uns 10 anos e lembro de que ela era chamada toda hora para fazer os partos da cidade de Nova Bonsucesso. Ela morava na Estrada do Morro Grande e a rua lateral ganhou o nome de Estrada da Parteira graças ela. Vovó Emília ainda vive, está com 94 anos de idade, lúcida e recordando-se bem do seu passado. Atualmente mora em São Paulo, Capital.
Beijos.
Fatima Stigliani”

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vista a partir do mirante Morro Nhangussu, em Guarulhos.

Mirante Morro do Nhangussu, o cartão postal não oficial da cidade de Guarulhos

O lugar que apresento aos guarulhenses, na semana do aniversário de 450 anos da cidade de Guarulhos é o mirante do Morro do Nhangussu. Um dos lugares, se não, o mais bonito da cidade de Guarulhos.

Vista a partir do mirante Morro Nhangussu, em Guarulhos.É bonito de perder o fôlego.
Sentir todo o ar entrando pelas narinas e ainda assim, perder o fôlego.

Vista a partir do mirante Morro Nhangussu, em Guarulhos.O morro do Nhangussu tem facil acesso, e na subida do morro pela rua Monte Bianco com certeza você já ficará impressionado com a vista do lado direito.

Vista a partir do mirante Morro Nhangussu, em Guarulhos.Provavelmente seja uma propriedade particular, mas existe entrada de acesso ao morro.
A trilha para subida é bem aberta, não muito íngreme e nem muito extensa.

Entrada do mirante do Morro Nhangussu, na rua Monte Bianco, Guarulhostrilha do mirante do Morro Nhangussu, na rua Monte Bianco, Guarulhosentrada do mirante do Morro Nhangussu, na rua Monte Bianco, GuarulhosTrilha para o mirante do Morro Nhangussu, no bairro Água Azul, em Guarulhos


O cartão postal não oficial da cidade de Guarulhos.

Tem vista para os morros que fazem divisa de Guarulhos com Mairiporã, Nazaré, Santa Isabel, Arujá…têm vista para Bonsucesso e muitos bairros de Guarulhos. Tem vista para o Pico do Gil, o ponto mais alto da cidade de Guarulhos.

Pico do Gil, serra de Itaberaba. O ponto mais alto da cidade de Guarulhos. Vista a partir do Morro Nhangussu.As imagens falam por si. É um lugar  realmente incrível!!!

Vista a partir do mirante Morro Nhangussu, em Guarulhos.Vista a partir do mirante Morro Nhangussu, em Guarulhos.

Vista a partir do mirante Morro Nhangussu, em Guarulhos.Paisagem do mirante Morro Nhangussu, em Guarulhos.Vista a partir do mirante Morro Nhangussu, em Guarulhos.Vista a partir do mirante Morro Nhangussu, em Guarulhos.

Repare bem. Nos dias de sol, as pedras do morro do Nhangussu brilham muito.

É importante, muito importante falar que no local existe bem pouco lixo pelo chão, então vale levar uma sacolinha e recolher esse pouco lixo para ficar sem lixo nenhum.

Espero que todos os guarulhenses conheçam esse lugar e o respeitem pelo que é: um santuário. E ‘bora’ parar de reclamar que não temos opções de passeios e lazer na cidade de Guarulhos.

O Morro do Nhangussu fica muito próximo do centro de Guarulhos, você pode fazer esse passeio, numa manhã ou numa tarde.  Clique para visualizar o Morro do Nhangussu em um mapa maior

Bom passeio e um ótimo dia de sol!!!

A Vasconcelândia e o visionário José Vasconcelos

Dependendo da sua idade com absoluta certeza você se lembrará do humorista               José Vasconcelos, o gago “Rui Barbosa Sa-Silva” da Escolinha do Professor Raimundo.

O comediante José Vasconcelos (centro) no lançamento oficial da Vasconcelândia
O comediante José Vasconcelos (centro) no lançamento oficial da Vasconcelândia

Pois então, em 1964 após viagem à Disneylândia, Zé Vasconcelos  passou a sonhar com uma cidade infantil, um megaparque temático  em uma área de um milhão de metros quadrados no Brasil, acreditem, em Guarulhos.

A Vasconcelândia tinha um audacioso e inovador projeto, Zé Vasconcelos buscou todos os tipos de apoio e nada conseguiu. Iniciou uma solitária empreitada onde investiu por mais de 10 anos todos recursos que obteve em 20 anos de carreira. Com recursos próprios, fez terraplanagem no local, construiu restaurante, administração, um parque de diversões e o cine drive-in.  Já ouvi relatos de pessoas que venderam títulos da Vasconcelândia na época.

O projeto quase o levou à falência e foi abandonado para enorme tristeza do humorista.

A iniciativa do humorista inspirou Beto Carrero a criar o seu  parque temático e está relatado no filme “Mundo encantado de Beto Carrero” que foi lançado em Janeiro de 2009 e que José Vasconcelos participa.

O que é muito importante no sonho da Vasconcelândia do Zé, é justamente
a liberdade de sonhar.

Atualmente (2010) José Vasconcelos vive em sua casa na cidade de Itatiba, interior de São Paulo. Está afastado da televisão e sofre de Alzheimer embora esteja muito lúcido ainda.

Para o conhecimento da população a Vasconcelândia está localizada a 28 km do centro de Guarulhos e faz divisa com a AMBEV, no bairro Morro Grande, Serra de Itaberaba. Atualmente a propriedade pertence à empresa PANCO e não é aberta para visitação.