Todos os posts de Thays Faccin Borazanian

Guarulhos e suas megalomanias

Guarulhos tem dessas coisas, tendência a grandezas. A cidade é tão desenvolta que para Guarulhos não basta ser uma das maiores cidades do país, temos que ser internacionais.
É a nossa superestima patológica.

  1. Guarulhos data entre as cidades mais antigas do país, Guarulhos foi fundada em 1560, ou seja, seis anos após a fundação da capital São Paulo;
  2. Em toda sua extensão norte faz divisa com a maior floresta urbana do mundo, a Serra da Cantareira;
  3. Guarulhos abriga o pico de maior altitude da Região Metropolitana de São Paulo, o Pico do Gil com 1430 metros de altitude;
  4. Abrigamos em meio a cidade e a serra rochas de 1 bilhão e 600 milhões de ano e que simplesmente remontam a história do planeta Terra;
  5. Guarulhos possui o 2º maior PIB do estado de São Paulo e 8º maior PIB do Brasil, aliás, Guarulhos é o município não-capital com o maior PIB do Brasil;
  6. Guarulhos é a 2ª cidade mais populosa do estado de SP, a 12ª mais populosa do país, a cidade não-capital mais populosa do Brasil e a 53ª cidade mais populosa do continente americano;
  7. Guarulhos abriga o maior e principal aeroporto internacional do Brasil, portanto, é por aqui que o mundo entra no Brasil;
  8. O aeroporto de Cumbica é o mais movimentado da América Latina, e juntamente com Congonhas, é responsável pelo maior movimento centro aéreo do Hemisfério Sul superando Sydney, Buenos Aires, Santiago e Joanesburgo;
  9. Guarulhos detém um dos dez maiores parque industrial do país e é por Guarulhos que entram 60% dos insumos para pesquisa tecnológica do País;
  10. Além disso, por terras Guarulhenses passam 2 rodovias federais, 4 estaduais e para completar a mobilidade geral da nação, estamos sendo agraciados com o maior obra rodoviária do pais. U-au.

Os olhos de quem vê ou Fui até ali e já volto

sitio-da-candinha-bananal-guarulhos
Casa da Candinha, Guarulhos – novembro de 2010 – foto: Eduardo do Nascimento

Guarulhos carrega uma conexão muito forte com o passado. A floresta que cobre a serra ao fundo, abrigou pessoas por muitos séculos. Entretanto, diversos locais permaneceram esquecidos e, apesar do tempo de 500 anos passados, a cidade de Guarulhos tem muito sobre a história do Brasil para contar.

Encontrar uma estrutura arqueológica não é coisa rara nem distante em solo guarulhense. A ancestralidade nos salta aos olhos.

Ainda que essas rochas tenham sido empilhadas há menos de 50 anos, tenho a impressão de que elas não foram tocadas depois de seu último grande uso.

Emociona perceber a vida assim.

estrutura-casa-escravo-guarulhos-historia

Deixe as árvores da cidade onde estão!

Secretaria do Meio Ambiente de Guarulhos: Deixe as árvores da cidade onde estão!
Fonte: Abaixo-assinado – Secretaria do Meio Ambiente de Guarulhos: Deixe as árvores da cidade onde estão!

Abaixo-assinado por: Moradores de Guarulhos em defesa da biodiversidade

Acordamos com as árvores do Anel Viário (Av. Mal. Humberto de Alencar Castelo Branco – Guarulhos-SP) cortadas sob a alegação de reestruturação viária para atender às necessidades do corredor de ônibus a ser implantado (criação de paradas de ônibus).

Nós, munícipes da cidade de Guarulhos, repudiamos toda e qualquer ação que venha a ferir os nossos direitos à qualidade de vida. Precisamos nos mobilizar, pedindo um parecer da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, exigindo uma audiência pública e, paralelamente, organizando um protesto para mostrar que há um número considerável de pessoas que não aceitam a “solução” de cortar árvores, em uma cidade cada vez mais carente de verde e saturada por veículos a motor. Queremos soluções que garantam a manutenção do maior número possível de árvores, preservando minimamente a Biodiversidade, inclusive para projetos futuros na cidade de Guarulhos.

Contamos com o compartilhamento e engajamento de todos.
Divulguem e acompanhem! Vamos preservar nossas árvores!

http://www.change.org/pt-BR/peti%C3%A7%C3%B5es/secretaria-do-meio-ambiente-de-guarulhos-deixe-as-%C3%A1rvores-da-cidade-onde-est%C3%A3o

O massacre da serra

Todas as fotos foram tiradas no mesmo dia. Um dia qualquer do mês de maio.
dematamento-rodoanel-guarulhos-tunel-panoramica-2Como já publiquei, seguimos pela Av Benjamim Harris Hunnicutt, Rua do Recreio, Veigas onde da vista para a entrada do túnel e finalmente chegamos bem pertinho do maior desmatamento que eu já vi de perto. Fiquei triste. O olho arregalou e o silêncio pairou. Predominava naquele fim de tarde o cheiro de árvore morta. Fresquinha. Ainda sangrando.

Nesse ponto o Eduardo:

  • Ô Thays, fala alguma coisa!?!
  • AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!

Foi tudo.


dematamento-rodoanel-guarulhos-tunel-panoramica-1